O Senado Federal aprovou hoje (20) a autorização para que o Governo do Paraná contrate operação de crédito internacional no valor de US$ 50 milhões (cerca de R$ 300 milhões), dentro do Programa de Modernização da Gestão Fiscal do Paraná (Profisco II).

Os recursos serão liberados pelo BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento), com o aval da União, e serão usados para o financiamento do projeto que abrange 43 programas para aperfeiçoamento de processos da gestão fazendária, tributária e financeira, com importantes investimentos em soluções tecnológicas que fortalecerão a gestão fiscal do estado.  

“O Paraná aguardava por esta autorização desde 2018 para dar andamento ao projeto e isso se tornou possível hoje em função da articulação da bancada paranaense no Senado, que está unida em favor de nosso estado”, ressaltou o senador paranaense Flávio Arns (Rede/PR). 

Segundo Arns, essa aprovação também foi possível porque o Paraná possui a classificação fiscal necessária para receber o aval do Tesouro Nacional, tendo capacidade para fornecer as garantias exigidas em lei e por se encontrar adimplente quanto aos financiamentos e refinanciamentos que possui com a União.
Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado