Maconha, pistola, munições, celulares e relógios foram apreendidos durante a operação, que foi realizada em todas as regiões do estado; quatro pessoas foram presas

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) deflagrou em todo o Brasil, nesta quinta-feira (28), a Operação Tamoio. O objetivo é o enfrentamento à criminalidade, tendo as ações reorientadas por meio de informações da inteligência policial, o que traz otimização dos recursos humanos, tecnológicos e o emprego das Unidades de Recursos Especializados da PRF.

No Paraná, no primeiro dia de operação, a PRF apreendeu 257,7 quilos de maconha, uma pistola 9 mm, 15 munições calibre 9 mm, 116 celulares e 15 relógios.

Na noite desta quinta (28), primeiro dia de operação, por volta das 20 horas, agentes da PRF abordaram um ônibus que havia saído de Guaíra (PR) com destino a Curitiba (PR), na BR-373 em Ponta Grossa. Nas bagagens de uma passageira foram encontrados 40 aparelhos de telefone celular, avaliados em cerca de R$ 72 mil. Nas bagagens de um homem foram encontrados 45 celulares, avaliados em R$ 41 mil e 15 relógios, avaliados em cerca de R$ 10 mil. Todos os itens foram apreendidos, pois não havia documentação legal que comprovasse a propriedade dos bens. Os passageiros foram liberados e as mercadorias, apreendidas e encaminhadas à Receita Federal.

Por volta das 21 horas, em Céu Azul (PR), na BR-277, policiais abordaram uma condutora de um BMW 328i, com dois passageiros. Durante vistoria, foi encontrada, na cintura de um dos passageiros, uma pistola Taurus calibre 9 mm, carregada com 15 munições. Segundo o homem, ele adquiriu em Foz do Iguaçu (PR) e usaria para segurança pessoal. Diante dos fatos, os três, dois homens e uma mulher, foram conduzidos para a Polícia Civil em Matelândia (PR), para o registro do crime de porte ilegal de arma de fogo.

Novamente em Ponta Grossa, por volta das 23 horas, foi abordado um ônibus que havia saído de Foz do Iguaçu com destino a São Paulo (SP). Em vistoria nas bagagens de uma passageira, os policiais encontraram 31 celulares avaliados em cerca de R$ 34,5 mil, que foram apreendidos e encaminhados para a Receita Federal. Com o apoio de cães farejadores, os policiais encontraram 6,2 quilos de maconha, que estavam em uma mochila de um passageiro. Ele foi preso e encaminhado, junto com a droga, para a Polícia Civil de Ponta Grossa, para o registro do crime de tráfico de drogas.

Por volta das 23h30, em Céu Azul, policiais tentaram abordar o motorista de um VW Voyage, mas este fugiu. Foi utilizado o dilacerador de pneus, que perfurou os pneus dianteiros do carro, parando a cerca de dois quilômetros. O motorista conseguiu fugir, mas no carro foram encontrados, ocultos no assoalho, porta-malas, embaixo do banco traseiro e no painel corta fogo, 84 tabletes de maconha, pesando 49,6 quilos da droga, que foi apreendida e encaminhada para a Polícia Civil em Matelândia.

E, na madrugada desta sexta (29), por volta da meia-noite e meia, agentes abordaram um motorista de um Ford Fiesta em Irati (PR), na BR-277. O condutor fugiu e foi perseguido. Durante a fuga, ele jogou o carro para fora da rodovia e fugiu em meio a uma mata. No interior do Fiesta foram encontrados 202 quilos de maconha, que foram apreendidas e encaminhadas para a Polícia Civil em Irati para registro.

TAMOIO – O nome Tamoio vem do Tupi Guarani Tamuía, que significa o avô, o antepassado. A Confederação dos Tamoios foi uma aliança de tribos indígenas firmada com o objetivo de combater os portugueses e outras tribos que os apoiavam. A referência é em relação à aliança dos grupos especializados da PRF unidos nessa operação.