IRATI
PORTE ILEGAL DE ARMA DE FOGO, ACESSÓRIO OU MUNIÇÃO - USO PERMITIDO / POSSE IRREGULAR DE ARMA DE FOGO, ACESSÓRIO OU MUNIÇÃO - USO PERMITIDO NO DIA 28 JUNHO 2020, POR VOLTA DAS 19H30MIN, UMA EQUIPE POLICIAL MILITAR DESLOCOU ATÉ A LOCALIDADE DE ITAPARÁ, ONDE SEGUNDO DIVERSAS INFORMAÇÕES HAVIAM PESSOAS PRÓXIMAS A UM BAR PERTURBANDO O SOSSEGO DOS MORADORES COM SOM ALTO E ALGAZARRAS. AO CHEGAR PRÓXIMO DO LOCAL, A EQUIPE VISUALIZOU CINCO PESSOAS EM ATITUDE SUSPEITA, PRÓXIMAS A UM PONTO DE ÔNIBUS, E AO DAR VOZ DE ABORDAGEM, UM DOS MASCULINOS, ARREMESSOU UM OBJETO ATRÁS DO PONTO DE ÔNIBUS; EM BUSCA PESSOAL FOI LOCALIZADO NA CINTURA DESSE MASCULINO UM COLDRE E CONSTATADO QUE O OBJETO QUE O MESMO ARREMESSOU ERA UMA ARMA DE FOGO DO TIPO REVÓLVER CALIBRE .38 CARREGADO COM SEIS MUNIÇÕES INTACTAS. NO LOCAL ESTAVA ESTACIONADO UM VEÍCULO E IDENTIFICADO COMO SENDO DE PROPRIEDADE DO MESMO MASCULINO; EM BUSCA NO INTERIOR DO VEÍCULO FOI LOCALIZADO UMA SACOLA CONTENDO SEIS MUNIÇÕES INTACTAS E TRÊS MUNIÇÕES DEFLAGRADAS CALIBRE .38. DIANTE DO FATO, OS DEMAIS ABORDADOS FORAM LIBERADOS, TENDO EM VISTA NÃO HAVER NADA DE ILÍCITO. POSTERIORMENTE FOI DESLOCADO ATÉ A RESIDÊNCIA DO MASCULINO, ONDE FORAM REALIZADAS BUSCAS E LOCALIZADOS: UM COLDRE DE NYLON, TRÊS MUNIÇÕES CALIBRE .38 INTACTAS, QUATRO MUNIÇÕES CALIBRE .38 DEFLAGRADAS, UM CARTUCHO GAUGE 12 INTACTO, TRÊS MUNIÇÕES DE ESPINGARDA CALIBRE .32 INTACTAS, UMA MUNIÇÃO CALIBRE .40 DEFLAGRADA E UM RECIPIENTE CONTENDO PÓLVORA, UM COLDRE DE COURO E SEIS MUNIÇÕES CALIBRE .38 INTACTAS, DUAS MUNIÇÕES CALIBRE .22 INTACTAS, UMA MUNIÇÃO CALIBRE .38 INTACTA E DUAS MUNIÇÕES CALIBRE .38 DEFLAGRADAS; EM UM PAIOL, FOI LOCALIZADO UMA SACOLA CONTENDO QUATRO MUNIÇÕES DE ESPINGARDA CALIBRE .32 INTACTAS, TRÊS MUNIÇÕES DE ESPINGARDA CALIBRE .32 DEFLAGRADAS, QUATRO MUNIÇÕES CALIBRE .38 DEFLAGRADAS, UM RECIPIENTE COM ESPOLETAS PARA ESPINGARDA E DOIS RECIPIENTES COM ESFERAS METÁLICAS PARA ARMA DE CAÇA. DIANTE DISTO, O PROPRIETÁRIO DA RESIDÊNCIA FOI CONDUZIDO JUNTAMENTE COM O ABORDADO, ATÉ A DP DE IRATI PARA AS PROVIDÊNCIAS.

IMBITUVA

    LESAO CORPORAL / CARCERE PRIVADO

RELATA A SOLICITANTE QUE VEM APANHANDO DE SEU AMASIO TODOS OS DIAS NOS ÚLTIMOS DEZ DIAS. QUE ELE ESTAVA A MANTENDO EM CARCERE PRIVADO DESDE SEXTA FEIRA DIA 26/06/2020. QUE EM DATA DE HOJE O AUTOR ACORDOU A VITIMA A BASE DE SOCOS E CHUTES, QUE A SOLICITANTE CORREU ATE O BANHEIRO, ONDE ENTÃO O AUTOR COLOCOU UM MONTE DE PANO NA BOCA DA VITIMA, FALANDO QUE IA MATAR A MESMA E QUE ENTÃO A VITIMA SAIU CORRENDO PELA RUA PEDINDO AJUDA MAS SEU AMASIO A PEGOU PELO CABELO E A ARRASTOU PRA DENTRO DE CASA NOVAMENTE E LHE AGREDIU. QUE NUM MOMENTO DE DISTRAÇÃO DO AUTOR, A VITIMA PEGOU SUAS FILHAS MENORES DE IDADE E CORREU ATE A CASA DE VIZINHOS PARA PEDIR AJUDA. SOLICITANTE AINDA RELATA QUE EM DATA DE ONTEM, O AUTOR LHE OBRIGOU A INGERIR BEBIDA ALCOÓLICA A BASE DE AMEAÇAS COM ARMA BRANCA. RELATA TAMBÉM QUE TODAS AS SITUAÇÕES DE AGRESSÕES SÃO PRESENCIADAS PELAS FILHAS MENORES DE IDADE. DIANTE DAS INFORMAÇÕES, EQUIPE JUNTAMENTE COM A VITIMA FOI ATE A RESIDENCIA EM QUE ESTARIA O AUTOR, ONDE O MESMO FOI ABORDADO E DADO VOZ DE PRISÃO AO MASCULINO. O AUTOR FOI CONDUZIDO NO COMPARTIMENTO FECHADO DA VIATURA COM USO DE ALGEMAS, CONFORME SUMULA VINCULANTE Nº11 DO STF. AUTOR E VITIMA FORAM ENCAMINHADOS AO HOSPITAL MUNICIPAL DE IMBITUVA-PR PARA REALIZAR EXAMES REFERENTE AO LAUDO DE LESÃO CORPORAL E NA SEQUENCIA ENCAMINHADOS ATE A DELEGACIA DE POLÍCIA CIVIL DE IRATI-PR PARA OS PROCEDIMENTOS DE POLICIA JUDICIÁRIA. RESSALTA-SE QUE NO HOSPITAL MUNICIPAL DE IMBITUVA-PR, FOMOS INFORMADOS PELO MEDICO DE PLANTÃO DE QUE O AUTOR ESTA COM COVID-19 E QUE A VITIMA ESTA EM ISOLAMENTO DOMICILIAR SENDO MONITORADA COMO SUSPEITA DE COVID-19.

IPIRANGA

01  – INFRAÇÃO DE TRÂNSITO

A EQUIPE PM ESTAVA EM PATRULHAMENTO PRÓXIMO A ENTRADA DA CIDADE QUANDO AVISTOU UM VEICULO, CUJO CONDUTOR EXPRESSOU CERTO NERVOSISMO AO VER A VIATURA SE APROXIMANDO, SITUAÇÃO QUE LEVOU A EQUIPE A REALIZAR ABORDAGEM. APÓS ABORDAGEM FOI VERIFICADO QUE SE TRATAVA DE UM VEICULO FIAT PALIO, EM CONSULTA NÃO FOI CONSTATADO NENHUMA IRREGULARIDADE, O CONDUTOR SE TRATAVA ESTAVA COM CNH VENCIDA NO DIA 15 DE MAIO 2020, O QUAL NÃO RENOVOU DEVIDO A PARALISAÇÃO DO DETRAN. A EQUIPE CONSTATOU QUE O CONDUTOR ENCONTRAVA-SE EMBRIAGADO ONDE O CONDUTOR FOI CONVIDADO A REALIZAR TESTE ETILOMÉTRICO, PORÉM O MESMO RECUSOU-SE. DIANTE DA CONSTATAÇÃO E RECUSA FOI INFECCIONADA A NOTIFICAÇÃO PELO ARTIGO 165-A DO CTB, FOI CONSTATADO QUE O CONDUTOR EXALAVA FORTE HÁLITO ETÍLICO QUANDO CONVERSAVA COM A EQUIPE. O VEICULO FOI LIBERADO PARA OUTRO CONDUTOR DEVIDAMENTE HABILITADO.


IVAÍ

    LESÃO CORPORAL / VIOLÊNCIA DOMÉSTICA

ÀS 19H45MIN, CONFORME SOLICITAÇÃO DA SENHORA SOLICITANTE, A EQUIPE POLICIAL DESLOCOU ATÉ A RUA ONDE SEU TERIA LHE AGREDIDO. NO LOCAL, A SOLICITANTE RELATOU QUE ESTA GRÁVIDA DE 2 MESES E QUE NESTA DATA SEU MARIDO CHEGOU EM CASA EMBRIAGADO E APÓS UMA DISCUSSÃO PASSOU A LHE AGREDIR COM EMPURRÕES E TAPAS, E LOGO EM SEGUIDA SE EVADIU EM UM VEÍCULO FORD / DELL REY TOMANDO RUMO IGNORADO. ATO CONTÍNUO FOI INICIADO BUSCAS PELO AUTOR SENDO ESTE ENCONTRADO EM UMA RESIDÊNCIA NA EM OUTRA RUA, ONDE FOI CONDUZIDO EM COMPARTIMENTO FECHADO ATÉ O DESTACAMENTO PARA LAVRATURA DO PRESENTE BOLETIM. POR NÃO APRESENTAR LESÃO APARENTE E DIANTE DA NEGATIVA DA VÍTIMA EM REPRESENTAR CONTRA O AUTOR DO FATO, FOI REPASSADA A SITUAÇÃO À DELEGACIA DE POLÍCIA CIVIL DE IRATI, ONDE O INVESTIGADOR DE PLANTÃO, ORIENTOU QUE A SOLICITANTE COMPARECESSE NA DELEGACIA DE POLÍCIA CIVIL DE IMBITUVA, EM DATA OPORTUNA, PARA QUE SEJAM ADOTADOS OS DEMAIS PROCEDIMENTOS DE POLÍCIA JUDICIÁRIA BEM COMO SOLICITAÇÃO DE MEDIDA PROTETIVA EM CASO DE INTERESSE. AMBOS FORAM ORIENTADOS E LIBERADOS.