Centro da Juventude de Irati será inaugurado dia 07

  • Centro da Juventude de Irati será inaugurado dia 07
  • 01
  • 02
  • 03
  • 04
  • 05
  • 07


Na próxima quinta-feira, dia 07, será inaugurado o Centro da Juventude de Irati. A cerimônia está marcada para as 11h30 e terá participação já confirmada do secretário da Justiça, Família e Trabalho do Governo do Estado do Paraná, Ney Leprevost, entre outras autoridades.


O Centro da Juventude é um espaço público, dotado de equipamentos, recursos e mobiliários específicos para realização de atividades que possibilitem a adolescentes e jovens acessar bens culturais e artísticos, participar de atividades esportivas, culturais, educativas e tecnológicas, para promover formação, desenvolvimento pessoal e profissional, incentivando o protagonismo juvenil e fortalecendo os vínculos familiares e comunitários.


A solenidade de entrega do Centro da Juventude é aberta ao público e acontecerá na Avenida Perimetral João Stoklos, sem número, próximo ao Fórum Eleitoral e Escola Municipal Matilde Araújo do Nascimento.


O que é o Centro da Juventude


O Centro da Juventude é um espaço acessível de convivência para adolescentes e jovens, também aberto à comunidade, que oferece, em tempo integral, atividades de lazer, esportes, cultura e qualificação profissional, tendo como objetivo afastar adolescentes e jovens de situações de exposição ao risco e vulnerabilidade social e realizar ações que favoreçam a sua formação pessoal e profissional.


A unidade de Irati atenderá aproximadamente 50 adolescentes e jovens, prioritariamente entre 12 e 18 anos, e terá aproximadamente 25 funcionários em todo o prédio para prestar atendimento aos usuários e às atividades propostas.


O programa do Centro da Juventude é baseado em três pilares: cidadania, convivência e formação. Faz parte da rede socioassistencial de Proteção Social Básica, com objetivos que convergem com os do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos, da Proteção Social Básica da Política de Assistência Social.


Entre as atividades que serão desenvolvidas neste novo espaço estão: esportes (natação, futsal, vôlei e basquete), prática de skate e oficinas de artes marciais, informática, teatro, danças folclóricas e contemporâneas, radialismo e jornalismo. O Centro também propiciará cursos profissionalizantes, de artes em geral, e eventos relacionados à promoção da cidadania, lazer e convivência familiar e comunitária.


Ainda em estudos que definirão seu cronograma inicial, o funcionamento deverá ser das 08h às 22h horas, de segunda a sábado. O complexo conta com sala multiuso, sala de dança, quadra poliesportiva, pista de skate, teatro de arena, biblioteca, laboratório de informática, auditório, rádio comunitária, estúdio de gravação e piscina semiolímpica.


O grande objetivo do Centro da Juventude é o resgate de adolescentes e jovens que se encontram em situação de vulnerabilidade e risco social, promovendo atividades culturais, esportivas e de lazer, bem como, reforçar vínculos familiares e comunitários, criando cidadãos responsáveis e preparados para o futuro.


Obra parada desde 2011


A entrega do complexo, com área aproximada de 5.300 metros quadrados, assume contornos de vitória para Irati e sua população, pois a obra estava parada desde o ano de 2011, e sofreu diversas avarias pela ação do tempo, enchente e depredação por vândalos. Isso acarretou a necessidade de novos investimentos, tanto do Estado como do Município, para que o Centro da Juventude retomasse as condições ideais de ser entregue para o uso público.


Foi um esforço conjunto para dar continuidade à obra paralisada e em judicialização, uma demanda histórica que exigiu entre vários outros trâmites, perícia, novo levantamento de custos, licitação e liberação de ordem de serviço para desatar o nó de um complexo inacabado há quase oito anos.


Para que esta conquista fosse possível, além do valor destinado pelo Estado, o município investiu cerca de R$ 800 mil reais de contrapartida, bem como um aditivo de aproximadamente R$ 150 mil referentes a uma nova impermeabilização da piscina. O valor total ultrapassou a cifra de R$ 1,5 milhão.


Prefeito buscou solução pessoalmente


“No início da nossa administração, Irati possuía um volume muito grande de obras paradas, entre elas, o Centro de Juventude”, comenta o prefeito Jorge Derbli. “Pelo impacto que este centro teria na vida de jovens e adolescentes da nossa cidade, buscamos imediatamente e de forma insistente alternativas com o Governo do Estado”, explica Derbli.


“Chegamos a um acordo em que o Governo do Estado entraria com R$ 800 mil e a Prefeitura com igual valor. Este investimento municipal foi feito com muito critério, mas representou um sacrifício enorme de recursos próprios da Prefeitura, pois arcamos com uma despesa que não teria sido necessária, caso a obra tivesse acontecido no prazo normal. Além disso, a piscina necessitou também de recuperação, pois o tempo em que ficou parada, sem manutenção, gerou trincas e danos gerais na estrutura, e tecnicamente ela não poderia ser utilizada. Só nesta questão tivemos gasto adicional de aproximadamente R$ 150 mil”, complementa o prefeito.


Para Derbli “o que importa é que, no próximo dia 7, estaremos entregando esta obra, para o bem de nossos jovens, e conseguimos cumprir a meta de concluir mais uma obra que estava parada”.


Fonte Secretaria Municipal de Comunicação Social Prefeitura de Irati - Paraná


Compartilhar :

Adicionar novo comentário

 Seu comentário foi enviado com sucesso. Obrigado!   Atualizar
Erro: por favor, tente novamente