Na manhã desta sexta-feira (4) cerca de 10 produtores se reuniram na Secretaria Municipal de Agricultura e Pecuária para discutir a realização da Feira da Uva ainda no mês de janeiro. Durante o evento foi definido que a Feira será realizada nas manhãs e tardes dos dias 12, 13, 19 e 20, na praça Marechal Floriano Peixoto, com venda de uva bordô.

O preço da caixa de uva, com 2 kg da fruta, será R$ 12,00. O presidente da Associação de Produtores de Uva de Palmeira, Altair Ruppel, explicou que neste ano o preço será maior que no ano passado devido a vários fatores. “Nos últimos três anos, vendemos a caixa de uva por R$ 10,00. Nesta safra tivemos quebra de produção de aproximadamente 15%, alta nos preços de combustível, no preço das caixas de papelão, além de outros itens. Por estes motivos teremos que mexer no preço”, relatou

Eliezer Borcoski, secretário de Agricultura e Pecuária, enalteceu a qualidade da uva palmeirense que será comercializada na Feira. “Os palmeirenses poderão adquirir uva de excelente qualidade e vendida a preço justo. Peço para que todos prestigiem os produtores palmeirenses”, comentou.

A Feira da Uva de Palmeira é realizada através de parceria entre a Secretaria Municipal de Agricultura e Pecuária, Instituto Paranaense de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater) e Associação de Produtores de Uva de Palmeira.

 Feira da Uva 2

Fotos: Gabriel Osternack Lima/Prefeitura de Palmeira

Em Ventania na BR 153, km 164,4, na data de 03/01/2019, por volta das 20h15, ocorreu um acidente tipo tombamento com derramamento de carga do veículo SCANIA R440 e Semi reboque, placas de Fazenda Rio Grande/PR, condutor, 36 anos , óbito no local, encaminhado ao IML de Ponta Grossa. O veículo seguia sentido Ibaiti/PR, tombando no sentido contrário, veículo e carga fora da pista, ocupando parcialmente o acostamento no sentido Tibagi/PR.
Causa presumível, velocidade incompatível. Foram encontrados no interior da cabine vários comprimidos de NOBÉSIO FORTE (Rebite - droga sintética classificadas como anfetamina). O veículo transportava carga de madeira serrada e tombou fora da pista ocupando parcialmente o acostamento.

680434a5 bb58 4e97 9322 657e22711e38

Fonte PRF

O primeiro dia do ano de 2019 representou um novo marco para os paranaenses. Com pontualidade, Carlos Roberto Massa Júnior e Darci Piana, acompanhados por familiares, subiram a rampa da Assembleia Legislativa do Paraná (Alep) para a sessão solene de posse para o mandato de 2019-2022, como governador e vice-governador do Paraná, respectivamente. Os dois foram conduzidos à mesa de honra da casa de leis pelos deputados Guto Silva, Hussein Bakri e Elio Rusch, para a cerimônia presidida pelo deputado estadual, Ademar Traiano, presidente da Alep.

A mesa também foi composta pelo presidente do Tribunal de Justiça do Paraná, desembargador Renato Braga Bettega; o procurador-geral de Justiça do Ministério Público do Paraná, Ivonei Sfoggia; o General de Divisão, Tomás Miguel Miné Ribeiro Paiva, Comandante da 5ª Divisão de Exército; o presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Paraná, desembargador Luiz Taro Oyama; o defensor público Geral do Paraná, Eduardo Abraão; o deputado estadual Plauto Miró, primeiro secretário da Alep; e o deputado estadual, Jonas Guimarães, segundo secretário da Alep. Acompanharam a cerimônia deputados, membros do corpo consular, prefeitos de diversas regiões e lideranças do estado.

O governador eleito em primeiro turno, no dia 7 de outubro de 2018 por 59,9% dos paranaenses, assinou o termo de renúncia de deputado estadual e, logo após, fez seu compromisso constitucional como governador. O presidente do Sistema Fecomércio Sesc Senac PR, Darci Piana, também proferiu o seu compromisso, agora como vice-governador do estado. Carlos Massa Júnior e Piana assinaram, então, o termo de posse para os cargos.

O primeiro discurso do governador foi marcado por reafirmações de pautas de sua campanha e também por forte comoção, sendo aplaudido pelos presentes. “Foi aqui [Alep], há 16 anos, que comecei a consolidar o meu projeto. Foi nesse plenário que comecei a compartilhar meu sonho com os paranaenses. Tenho orgulho de ser o primeiro governador eleito nos últimos 40 anos sem fazer parte de nenhuma oligarquia. Tenho orgulho de ter uma história familiar de superação. Fui escolhido pela maioria da população para liderar esse movimento de transformação, de inovação.

A minha obrigação de trabalhar incansavelmente para fazer do Paraná uma referência para o Brasil, o estado mais moderno do nosso país é também meu compromisso e de todos os que me acompanham”, pontuou.

Logo após, a primeira dama do estado, Luciana Saito Massa e a vice-primeira-dama, Maria José Piana, receberam flores da deputada Claudia Pereira. Familiares e amigos também acompanharam a sessão solene, nas duas primeiras fileiras da Alep, destaque para os pais do governador: Solange Martinez Massa e Carlos Roberto Massa, dos irmãos Gabriel e Rafael e dos filhos Alana, Yasmin e Carlos Roberto Massa Neto. Do vice-governador a filha, Patrícia Piana Presas e o genro, Joaquin Fernandes Presas; os cunhados, Laisse Messa Warpechoski e José Carlos Warpechoski; o vice-presidente da Fecomércio PR, Ari Faria Bittencourt e a esposa, Adelaide Bittencourt; o diretor regional do Sesc PR, Emerson Sextos, com a esposa Ana Paula Mendonça e o filho Enzo; a presidente da Câmara da Mulher Empreendedora
e Gestora de Negócios de Curitiba, Luciana Maciel Burko, e o assessor Guilherme Piratello de Castro.

Transmissão do cargo no Palácio Iguaçu

Empossados, Governador e vice-governador desceram a rampa da Assembleia Legislativa e caminharam rumo ao Palácio Iguaçu para a solenidade de transmissão de cargo do Governo do Estado. Eles foram recebidos pela ex-governadora Cida Borghetti que discursou traçando um panorama de seu governo, além de ressaltar que entrega o cargo com as contas em dia e com R$ 5,3 bilhões em caixa. “Trabalhamos com o gabinete de portas abertas, de forma objetiva e transparente, pautada em três princípios: no diálogo com todos os setores, na gestão eficiente e no combate a corrupção. Governos passam, mas o estado permanece. Desejo aos meus sucessores uma gestão plena de realizações em defesa dos paranaenses”, enfatizou.

Aproximadamente duas mil pessoas acompanharam a transmissão de cargo da ex-governadora Cida Borghetti ao governador Carlos Massa Júnior e ao vice-governador Darci Piana. Logo após as assinaturas, o governador fez a nomeação dos 15 novos secretários. O arcebispo de Curitiba, dom José Antonio Peruzzo, e o pastor da Primeira Igreja Batista de Curitiba, Paschoal Piragine, realizaram
uma bênção ecumênica para a nova gestão.

Carlos Massa Júnior proferiu o segundo discurso do dia, antes de seguir para Brasília, para a posse do presidente, Jair Bolsonaro, e reforçou a confiança em seu vice, Darci
Piana. “O Paraná tem um histórico de bons governadores, mas o atual momento político exige um pouco mais de audácia. É necessário fazer uma ruptura dessa antiga forma de governar, enxugando a máquina pública e acabando com as mordomias. Seremos um governo de ouvidoria,   ouvindo as ruas. O Darci Piana traz sua experiência de vida e profissional. Ele representa um setor que gera 63% dos empregos do Paraná e não será um vice que só vai trabalhar quando eu estiver ausente, mas será meu braço direito e esquerdo e atuará comigo de manhã, tarde e noite”, disse o governador.

Como vice-governador, Darci Piana, disse que trabalhará ainda mais para transformar o Paraná no melhor estado do país. “Vamos contar com o apoio do povo que nos elegeu e vamos dar a resposta com muito trabalho. Vou trabalhar mais do que eu já trabalho, mas isso não me assusta, estou preparado. O estado é muito maior que uma entidade, pois as demandas são maiores, mas sabendo tratar os assuntos de forma correta, dividindo de forma adequada e fazendo a parcela que cabe a cada uma dessas partes, tenho certeza que vamos fazer muito pelo Paraná”, acrescentou.

Além dos presentes na Assembleia Legislativa, acompanharam a cerimônia no Palácio Iguaçu o presidente eleito do TJPR, Adalberto Jorge Xisto Pereira; o vice-prefeito de Curitiba, Eduardo Pimentel, representando os prefeitos do estado; o vereador Sabino Picolo, presidente eleito da Câmara Municipal da capital; os ex- -governadores e vice-governadores, Paulo Pimentel, Orlando Pessuti, e Emília Belinati; prefeitos, vereadores, representantes de entidades, líderes partidários, entre outras autoridades, profissionais de imprensa, convidados, familiares e amigos.

 

Fonte http://www.fecomerciopr.com.br Foto: Rodrigo Félix Leal

Em Rio Azul, compareceu ao destacamento da PM, um senhor relatando que é morador da locadlidade de Faxinal dos Paula, e que adentraram na sua propriedade rural e furtaram aproximadamente 80 grades de grampos para estufa de fumo. Não soube informar mais detalhes, nem possíveis autores, sendo então orientado.

REBOUÇAS, TEIXEIRA SOARES E FERNANDES PINHEIRO, SEM OCORRÊNCIAS NAS ÚLTIMAS 24 HORAS.

Em Inácio Martins, uma pessoa é ameaçada de morte na Rua José Matos Leão. Relata o solicitante que foi abordado na referida rua, e o motivo da ameaça seria um tramite de desapropriação de terra. Foi elaborado o B.O. e orientado o solicitante a deslocar até a delegacia de policia judiciaria para providencias.


Em IRATI
No centro de Irati, na Rua 15 de Julho, pessoa cherga para trabalhar e percebe que durante a noite invadiram seu estabelecimento comercial arrombando o forro e furtaram diversas peças de roupas. A solictante foi orientada a levar as imagens do monitoramento das câmeras até a delegacia de polícia para que se instaure a investigação.

 

As 23h00min de ontem, na Rua Exp. Felix Filipak, a equipe da ROTAM fazia patrulhamento quando o condutor de uma motocicleta ao avistar a viatura empreendeu fuga em alta velocidade, fazendo manobras perigosas colocando em risco sua vida e a de pedestres que transitavam na via.

A equipe iniciou acompanhamento tático usando sinais sonoros e luminosos, porém o condutor não obedeceu à ordem de parada, sendo finalmente abordado na Rua Cláudio Adão Gerszvski. Realizada a busca pessoal no condutor, nada de ilícito foi encontrado, porém foi constatado que o condutor não possuía CNH.  Diante dos fatos o condutor foi encaminhado a sede da 8ª cipm, para lavratura de termo circunstanciado e lavratura das notificações cabíveis

 

PRF atende acidente com vítima fatal em Ventania na BR 153, km 164,4, na data de ontem, por volta das 20h15min.

Houve um tombamento com derramamento de carga do veículo SCANIA R440 e Semi reboque, placas de Fazenda Rio Grande/PR. O condutor de 36 anos entrou em óbito no local e foi encaminhado ao IML de Ponta Grossa. O veículo seguia sentido Ibaiti/PR.

A causa presumível é de velocidade incompatível, e ainda foram encontrados no interior da cabine vários comprimidos de NOBÉSIO FORTE (Rebite - droga sintética classificadas como anfetamina).

O veículo transportava carga de madeira serrada e tombou fora da pista ocupando parcialmente o acostamento.

 

A Polícia Civil de Altônia, no noroeste do Paraná, recuperou ontem parte de uma carga de óleo vegetal que havia sido roubada no mês passado em Bauru/SP.

Cerca de 800 caixas das 1.500 roubadas foram recuperadas, ninguém foi preso. Segundo o delegado Reginaldo Caetano da Silva, a carga saiu de Cambé, no norte do Paraná, com destino a Franca/SP. Os policiais de Altônia identificaram três receptadores na cidade e encontraram o barracão.

O delegado Silva acredita que a prática estava se tornando comum na cidade, porque os policiais também identificaram um suspeito que agia como intermediador, que comprava e redistribuía os produtos roubados. As investigações continuam e, assim que outros suspeitos foram identificados, a polícia deve pedir a prisão deles. De acordo com o delegado, os envolvidos podem responder pelos crimes de receptação, que tem pena prevista de 3 a 8 anos de reclusão, e organização criminosa, com pena de 1 a 3 anos.



E o delegado Demetrius de Moura Soares, da delegacia da Receita Federal do Brasil em Ponta Grossa, que é responsável por 62 municípios, informou ontem que durante o ano de 2018 foram apreendidas R$ 19,1 milhões em itens importados de forma irregular ao Brasil.  Desse montante, 68%, corresponde a cigarros.

A maior parte das apreensões foram feitas nas estradas, e contou com o auxílio de forças policiais, tais qual a Polícia Rodoviária, Polícia Civil, Polícia Militar, e no caso de Foz do Iguaçu, com o Exército.

Em um balanço até novembro 2018, a 9ª Região Fiscal da Receita, que compreende ao Paraná e Santa Catarina, as apreensões atingiram a marca de R$ 1 bilhão, com um total de 2 mil veículos apreendidos.

Apoio a outra OPM/OBM/Atendimento local de morte/Incêndio;

Às 00h50min a equipe deslocou na Rua Duque de Caxias, Alto da Glória, conforme solicitação onde uma residência encontrava-se em chamas foi deslocado até o local, onde foi constatado uma residência em chamas com fogo de grande proporção, em contato com o solicitante e populares, ambos informaram que havia pelo menos uma pessoa no interior da residência de imediato as equipes adentraram ao pátio da residência visualizando uma pessoa pedindo por socorro em uma das janelas, a qual estava com cadeado e ficava a aproximadamente dois metros do chão. Foi iniciada a tentativa de socorro a vitima, onde usando pedaços de madeira e um palanque de madeira, foi realizado o arrombamento da janela que impedia o acesso a vitima. Um dos policiais conseguiu adentrar ao cômodo tendo o primeiro contato com vítima, conseguindo removê-la até próximo à janela e com ajuda de outro policial, estavam retirando-a do local, ainda com vida, mais sem forças para ficar em pé. Momento em que começou a desabar parte do telhado e da parede interna, onde o fogo tomou conta de todo o cômodo. O policial, ainda segurando a vítima, teve que soltá-la, pois foi necessário juntamente com outros dois policiais, dar apoio para retirar o policial pela janela do cômodo, onde o mesmo encontra-se preso e sem condições de retornar para o lado externo.  Posteriormente, com a chegada de 02 caminhões do corpo de bombeiro, foi dado início ao combate do incêndio juntamente com a equipe dos bombeiros. Posterior controlado o incêndio, sendo feito o isolamento do local e acionado criminalística e IML, os quais compareceram no local sendo assim realizado o procedimento de polícia científica que no local uma vítima foi localizada, identificado, onde segundo familiares estaria morando sozinho na residência . Após o término do atendimento da ocorrência, todos os policiais envolvidos necessitam de atendimento médico, onde foram atendidos no pronto atendimento municipal, sendo confeccionado laudo de lesões corporais.