Login to your account

Username *
Password *
Remember Me
Slider

Bolsonaro afirma que decreto de armas foi feito "no limite da lei"

Mai 12, 2019
Presidente falou sobre o assunto em live transmitida pelo Facebook O presidente Jair Bolsonaro afirmou ter ido “no limite da lei” com o decreto assinado esta semana que regulamenta a posse, o porte e a comercialização de armas e munições para caçadores, atiradores esportivos e colecionadores, os chamados CACs. Durante sua live no Facebook, na noite de ontem (9 de maio), ele rebateu as críticas feitas dizendo ter regulamentado o que pode dentro da lei. “Estão falando barbaridades em relação ao decreto. Não fui além do limite da lei. Não é apenas compromisso de campanha”. Segundo ele, o decreto demorou a sair pois o governo precisou ouvir vários interessados. “A questão dos CACs demorou um pouco sim. Não é fácil, em um decreto, fazer justiça de forma rápida. Você consulta a questão jurídica, vai no Ministério da Defesa, no Ministério da Justiça, ouve atiradores, ouve gente do povo. E no limite da lei regulamentamos o que pudemos”. O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, disse hoje que o decreto tinha “algumas inconstitucionalidades” e que o Legislativo poderá rever alguns pontos do texto. O Palácio do Planalto também defendeu a constitucionalidade do decreto dos CACs. Segundo o porta-voz da Presidência da República, Otávio Rêgo Barros, é normal haver diferentes interpretações sobre o assunto. “A constitucionalidade do Decreto 9875 foi analisada previamente à sua assinatura pelo presidente da República. A área jurídica do Palácio do Planalto considerou ser constitucional e o presidente da República chancelou o entendimento ao assinar o decreto. O direito não é uma ciência exata, a existência de interpretações diferentes é natural”, afirmou. DECRETO Entre as novidades, o decreto amplia a diversidade de calibres de armas de uso permitido, incluindo semiautomáticas; aumenta a quantidade de compra de munições para armas de uso permitido (5 mil unidades por ano) e para armas de uso restrito (1 mil unidades por ano). A nova norma estende a onze categorias o direito de porte de armas. Foram contemplados, entre outros, instrutores de tiros, colecionadores e caçadores; detentores de mandatos eletivos (Executivo e Legislativo), advogados e jornalistas que façam cobertura de pautas policiais. O decreto abre o mercado e faculta a possibilidade de importação de armas de fogo, desde que autorizada pelo Exército, por diferentes instituições de segurança pública, empresas de comercialização de armamento e munições e pessoas físicas autorizadas. Fonte: GR Mais Noticias
Imperio Vidros
Pipo Pesca
Dental UNI
AB Moveis
Art Mix
EB Exclusivas
MEcanica Gomes
Construtora Cathio
RVS Auto socoro
Relojoaria Galvao
Grafica Baixinho Permuta
Mecanica Steve
Templo da Pizza
Iracel Assistencia
Mattos Areia
Grafica Garotinho Permuta
Sonia Locacoes
Mecanica F1

ÚLTIMOS TWEETS

Ponte de ligação entre Pinho de Baixo e São Miguel, cede por conta do excesso de chuva https://t.co/2E0uKfvQkr
Leandre quer mais investimentos em média complexidade para os municípios https://t.co/bMhHfglO8E
Sessão Ordinária: ‘Filme Iratiense’, ‘Animais Abandonados’ e ‘Procuradoria da Mulher’ são temas da palavra-livre https://t.co/zEraVz0lQy
Follow Mega Irati on Twitter

Eventos

Restaurante Italiano - 14-15 de Junho de 2019

Pizzaria Don Corlleoni -  14-15 de Junho de 2019

Restaurante e Pizzaria Templo da Pizza

Domingueira com Baitaca - Park Dance 09-06-2019

Pagofúnk com Banda Kaduká - Park Dance 08-06-2019

Show nacional Hungria - Park Dance 07-06-2019

I love Baile Fúnk - Park Dance 01-06-2019

Restaurante Italiano - 31 de Maio de 2019

Restaurante e Pizzaria Templo da Pizza

Pizzaria Don Corlleoni -  31 de Maio de 2019

Domingueira com Grupo Manotaço - Park Dance 26-05-2019

ParkNejo RETRÔ - Park Dance 25-05-2019

© 2019 Portal Mega Irati All Rights Reserved.